Desporto

Luís Filipe Vieira suspenso devido a críticas à arbitragem

"Meditei bastante, inclusive dormi no Seixal, a decisão foi amadurecida. Foi uma luz que me deu" - Luís Filipe Vieira, em conferência de imprensa onde anunciou a continuidade de Rui Vitória (29-11-2018)

Presidente do Benfica suspenso por 90 dias.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol castigou o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, com 90 dias de suspensão.

Em causa estão as declarações de Vieira no fim do jogo com o FC Porto, a 22 de janeiro, referente às meias-finais da Taça da Liga, que terminou com o triunfo portista por 3-1 e a consequente eliminação das águias.

Na altura, o dirigente encarnado deixou fortes críticas à atuação do vídeoárbitro Fábio Veríssimo:

Os Benfica anunciou entretanto, numa nota na página oficial, a intenção de recorrer do castigo para o Tribunal Arbitral do Desporto, por considerar "totalmente injustificável" a suspensão aplicada a Luís Filipe Vieira.

Na nota, as águias queixam-se ainda de uma "óbvia dualidade de critérios", referindo-se a "dois recentes processos em que estiveram em causa declarações do diretor de comunicação do FC Porto (Francisco J. Marques), que, face a idênticas exposições nos termos legais, foi objeto de diferente apreciação por parte dos relatores daquele órgão".

  • Há quem espere mais de um ano para conseguir vaga no SEF
    5:06
  • “Este despacho não é sobre casas de banho, é sobre pessoas”
    13:47