Desporto

O gesto de um adepto de basebol que lhe valeu um castigo

Equipa de basebol norte-americana fala num “comportamento ofensivo”.

Os Chicago Cubs baniram um adepto por tempo indeterminado depois de ter sido filmado a fazer um gesto ofensivo durante um jogo.

O homem, cujo nome não foi divulgado ao público, foi filmado por trás de Doug Glanville, ex-jogador de basebol e atual comentador, a fazer um gesto associado à supremacia branca. Como resultado, está impedido pelo clube de entrar no estádio Wrigley Field, em Chicago.

Crane Kenney, presidente das operações de negócios dos Cubs, informou na altura em comunicado que iria investigar o sucedido porque “ninguém deveria ser submetido a este tipo de comportamento ofensivo”, cita a CNN.

"Um indivíduo sentado atrás de Glanville usou o que parece ser um gesto de mão ofensivo associado ao racismo. (...) Tal comportamento ignorante e repulsivo não é tolerado no Wrigley Field."

Na quarta-feira, Crane Kenney revelou que o adepto tinha violado o código de conduta e, como resultado, seria banido com efeito imediato e por tempo indeterminado daquele estádio.

  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21