Desporto

Dani Navarro com várias fraturas e pneumotórax após queda na Volta a Itália

Atleta foi internado nos cuidados intensivos numa policlínica de Roma.

O espanhol Dani Navarro sofreu esta terça-feira múltiplas fraturas e um pneumotórax na sequência de uma queda na quarta etapa da Volta a Itália em bicicleta, anunciou a sua a equipa, Katusha-Alpecin.

Navarro, cuja condição é considerada "estável", foi internado nos cuidados intensivos numa policlínica de Roma, depois de se ter envolvido numa queda com outros corredores, a seis quilómetros do final da etapa, em Frascati.

Segundo o boletim médico fornecido pela equipa, Navarro, de 35 anos, fraturou a clavícula direita, três costelas e sofreu perfuração nos pulmões, que provocou um pneumotórax.

Três outros corredores da Katusha, o austríaco Marco Haller, o suíço Reto Hollenstein e o russo Vyacheslav Kuznetsov, também caíram, mas puderam terminar a etapa, que foi ganha pelo equatoriano Richard carapaz (Movistar).

A prova, em que participa o português Amaro Antunes (CCC), é liderada pelo esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma).

Lusa

  • Quem são os Hells Angels?
    2:52
  • O preconceito e os receios em torno das doenças mentais
    30:52
  • O caos nos registos
    18:55