Desporto

Lance Armstrong "não mudava nada em relação ao doping"

Lucas Jackson

O ciclista ficou sem os sete títulos conquistados na Volta à França entre 1999 e 2005.

Lance Armstrong, ciclista norte-americano, vencedor de sete títulos consecutivos da Volta à França, uma das provas históricas da modalidade, em entrevista à NBC Sports, dos Estados Unidos, confessou que "não mudava nada em relação ao caso de doping" porque "aprendeu muitas lições com todo o processo".

Armstrong, que foi banido para sempre do ciclismo em 2012, depois de ter admitido a utilização de substâncias que aumentavam o seu rendimento, assumiu que "não seria investigado e sancionado caso não tivesse confessado" - o caso tornou-se público depois de uma revelação num programa da apresentadora norte-americana Oprah Winfrey.

"Fizemos o que foi preciso para ganhar. Não era legal, mas não mudava nada", acrescentou.

"Lance Armstrong: Next Stage" é o título de uma entrevista de trinta minutos do canal desportivo norte-americano, na qual o jornalista Mike Tirico conversa com o ciclista acerca do caso que abalou o mundo do desporto.