Desporto

Buffon deixa PSG um ano após ter chegado a França

Regis Duvignau

Citado pelo site do Paris Saint-Germain, Buffon recordou que chegou ao clube "cheio de entusiasmo e recebido pelo incrível calor dos adeptos".

O Paris Saint-Germain (PSG) anunciou esta quarta-feira a saída do guarda-redes Gianluigi Buffon, um ano após o italiano ter chegado ao clube francês de futebol oriundo da italiana Juventus.

"Hoje a minha aventura fora de Itália terminou. Obrigado a todos por tudo o que tive a oportunidade de experienciar em Paris. Obrigado pelas emoções que partilhámos", disse o atleta de 41 anos.

Internacional 176 vezes por Itália, um recorde na 'squadra azzurra', o guarda-redes disputou 25 jogos em todas as competições esta época, sendo campeão francês e conquistando a Supertaça, referente a 2018.

Citado pelo site do PSG, Buffon recordou que chegou ao clube "cheio de entusiasmo e recebido pelo incrível calor dos adeptos", no que foi uma chegada "emocionante".

"Obrigado, do fundo do meu coração. Parto feliz por ter apreciado esta experiência que indubitavelmente me ajudou a crescer", completou.

O PSG revelou a "honra de ter contado com um dos maiores guarda-redes da história do futebol", recordando o seu título mundial pela Itália em 2006 e os imensos prémios individuais de 'Gigi'.

"Nunca esquecerei o orgulho que todos no PSG sentiram - no clube e nos adeptos - quando viram Gianguigi Buffon vestir a nossa camisola. Neste tempo aqui, trouxe a sua fenomenal experiência e o seu profissionalismo, não apenas com os colegas, mas em todas as áreas", elogiou Nasser Al-Khelaifi, dono do clube.

Depois de cinco anos no Parma, Buffon chegou à Juventus em 2001, contabilizando nove títulos de campeão italiano e cinco taças transalpinas pela 'vecchia signora'.

Ergueu uma Taça UEFA e foi considerado o melhor guarda-redes da UEFA em 2003 e 2017, contundo nunca venceu a Liga dos Campeões, apesar de ter sido várias vezes finalista.

Ao serviço da seleção, na qual se estreou em outubro de 1997, sagrou-se campeão mundial em 2006, foi finalista vencido do Euro 2012 e medalha de bronze da Taça das Confederações.

Buffon é igualmente o segundo jogador com mais partidas na série A italiana, com 471 jogos, atrás de Paolo Maldini, que somou 647 partidas.

Lusa

  • Compra de João Félix vai custar ao Atlético 126 milhões de euros
    1:32