Desporto

Segunda mão da final da Champions africana vai ser repetida

Espérance Tunis

Zoubeir Souissi

Os jogadores do Wydad recusaram-se a jogar depois do árbitro invalidar um golo sem consultar o VAR, que não estaria a funcionar.

A segunda mão da final da Liga dos Campeões africana, entre Espérance Tunis e Wydad Casablanca, vai ser repetida, mas só após a Taça das Nações Africanas (CAN), anunciou esta quarta-feira a Confederação Africana de Futebol (CAF).

Na passada sexta-feira, numa altura em que o Espérance vencia em casa por 1-0, o conjunto marroquino chegou ao empate, mas o árbitro Bakary Gassama, da Gâmbia, anulou o golo dos visitantes, por alegado fora de jogo, e não consultou o VAR, que não estaria a funcionar.

Os jogadores do Wydad contestaram a decisão e recusaram-se a reatar o jogo, que esteve interrompido durante hora e meia, antes de o árbitro o dar por terminado.

Agora, a CAF anunciou que o jogo da segunda mão será repetido e que o resultado que se tinha verificado na primeira mão (1-1), em Marrocos, será mantido.

Contudo, a partida apenas será realizada após a Taça das Nações Africanas, que se vai disputar no Egito entre 21 de junho e 19 de julho.

Lusa

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38