Desporto

Federer conquista 10.º título em Halle e ganha confiança para Wimbledon

FOCKE STRANGMANN

Alcançou o 102.º título da carreira.

O tenista suíço Roger Federer, primeiro cabeça de série, conquistou hoje o 10.º título no torneio ATP 500 de Halle, ao vencer o belga David Goffin na final da prova alemã em relva.

Federer, terceiro do ranking mundial, impôs-se a Goffin, 33.º classificado da hierarquia da ATP, pelos parciais de 7-6 (7-2) e 6-1, após uma hora e 25 minutos de confronto, a maior parte consumida durante o ‘set’ inicial, o único em que o belga conseguiu oferecer resistência ao helvético.

O antigo líder do ranking mundial, que disputou a 13.ª final em Halle, alcançou o 102.º título da carreira, ficando a sete de igualar o recorde do antigo tenista norte-americano Jimmy Connors, e tornou-se o vencedor mais velho de sempre na ‘era Open’, com 37 anos, 10 meses e 15 dias.

“É incrível. A primeira vez que joguei aqui nunca poderia imaginar que conquistaria 10 títulos”, admitiu o suíço, que parte com confiança reforçada para o torneio inglês de Wimbledon, também em superfície de relva, que procura vencer pela nona vez e, dessa forma, conquistar o 21.º título em provas do Grand Slam, aumentando o seu próprio recorde.

Federer terminou o encontro sem ter sofrido qualquer quebra de serviço frente a Goffin, que acusou a derrota sofrida no ‘tie-break’ do primeiro parcial e se ‘afundou’ no segundo, durante o qual perdeu três dos quatro jogos de serviço, concedendo o encontro no primeiro ‘match point’ do adversário.

Lusa