Desporto

Miguel Oliveira bate piloto oficial da KTM nos treinos livres do GP da Alemanha

Piroschka Van De Wouw

"Foi um bom primeiro dia. Continuámos o nosso trabalho na mota para encontrar um bom ritmo para a corrida", disse o piloto português.

Miguel Oliveira (KTM) terminou em 18.º lugar os treinos livres do Grande Prémio da Alemanha de MotoGP, nona prova da temporada, batendo o piloto da KTM oficial, o francês Johann Zarco.

O piloto português foi 19.º na primeira sessão disputada no circuito de Sachsenring, com o tempo de 1.22,762 minutos, mas, na sessão da tarde, melhorou quase um segundo na sua melhor volta (1.21,899 minutos), batendo Zarco por 102 milésimas.

Oliveira terminou o dia a apenas duas milésimas do 17.º mais rápido, o checo Karel Abraham (Ducati) e a 361 milésimas de um lugar entre os 10 mais rápidos do dia.

"Foi um bom primeiro dia. Continuámos o nosso trabalho na mota para encontrar um bom ritmo para a corrida. Ainda precisamos de entender um pouco melhor o comportamento da KTM com os pneus duros, mas penso que estamos no bom caminho", explicou o piloto de Almada, no final da sessão, em declarações difundidas pela assessoria de imprensa da equipa Tech3.

Miguel Oliveira, que terminou o dia a 1,194 segundos do mais rápido, o espanhol Marc Márquez (Honda), foi claro: "Queremos ser mais rápidos, mas estamos a apenas três décimas do 'top 10'. Os tempos estão todos bastante apertados, o que acaba por ser frustrante".

Após oito provas realizadas, o piloto português ocupa a 18.ª posição no campeonato, com 15 pontos.

Lusa

  • Vem aí o calor...
    1:01