Desporto

Griezmann não foi para estágio com o Atlético de Madrid

Susana Vera

Foi aberto um processo disciplinar e o caso vai ser analisado.

O futebolista francês Antoine Griezmann não se apresentou no domingo no arranque dos trabalhos de pré-temporada do Atlético de Madrid, embora tenha sido convocado para o estágio dos 'colchoneros'.

O avançado, cuja saída para o FC Barcelona está dependente do pagamento dos 120 milhões de euros da cláusula de rescisão, deveria ter-se apresentado às 20:30 na Cidade Desportiva de Majadahonda, seguindo com a equipa para um estágio de duas semanas na região de Segóvia.

"Foi aberto um processo disciplinar e o caso vai ser estudado. Quer comunique, quer não, isso não muda nada. Ele tem contrato com o clube até 2023 e deveria regressar ao trabalho como os outros jogadores", disse um porta-voz do Atlético, citado pela AFP.

Para o estágio do Atlético seguiu o avançado português João Félix, pelo qual o Atlético pagou ao Benfica precisamente 120 milhões de euros e ao qual já atribuiu a camisola número 7, que pertencia a Griezmann.

O internacional francês está no centro de uma polémica que se agudizou na sexta-feira, quando o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, disse que os campeões espanhóis se reuniram na véspera com os madrilenos, que rejeitaram um adiamento do pagamento da cláusula de rescisão do atleta, que, desde 01 de julho, baixou dos 200 milhões de euros para os 120.

O Atlético reagiu e, em comunicado, disse que "o FC Barcelona e o jogador faltaram ao respeito" ao emblema madrileno, acusando os catalães de terem "induzido o jogador a romper o vínculo com o Atlético de Madrid, numa altura crucial da época [em março] ", quando os 'colchoneros' estavam envolvidos "numa eliminatória da Liga dos Campeões, diante da Juventus" e lutavam "pelo título, precisamente contra o FC Barcelona".

O 'Atleti' referiu ainda que foram violadas "as regras básicas na negociação de jogadores e a integridade das competições desportivas", além de salientar o "enorme prejuízo" que sofreu com toda a situação a envolver o avançado, de 28 anos, que foi contratado pelos 'rojiblancos' à Real Sociedad, em 2014.

Griezmann, que passou as últimas cinco épocas no Atlético de Madrid, ao serviço do qual fez 257 jogos e marcou 133 golos, anunciou em meados de maio que iria deixar o clube mediante o pagamento do valor da cláusula.

Lusa