Desporto

Juventus vence Nápoles por 4-3 em jogo de 'loucos'

ALESSANDRO DI MARCO

Cristiano Ronaldo marcou o seu primeiro golo nesta época.

A Juventus ganhou este sábado ao Nápoles por 4-3, num jogo de futebol cheio de emoções, com a equipa de Cristiano Ronaldo, que marcou um golo, a conseguir a vitória graças a um autogolo de Koulibaly, já nos descontos.

A partida começou de feição para os homens de Turim, que se adiantaram no marcador aos 16 minutos por intermédio do defesa brasileiro Danilo, que trocou este verão o Manchester City pela Juventus e se estreou a marcar pelos italianos no primeiro jogo que disputou.

Apenas três minutos depois, foi a vez de Gonzalo Higuaín fazer balançar as redes da baliza napolitana, colocando os 'bianconeri' com dois golos de vantagem, resultado com que se chegou ao intervalo.

Já aos 62 minutos, foi a vez de o astro português Cristiano Ronaldo marcar o seu primeiro golo nesta época, fixando o resultado em 3-0 para a formação da casa, que parecia bem encaminhada para arrecadar os três pontos.

Mas o Nápoles nunca atirou a 'toalha ao chão' e, aos 66 minutos, após um livre cobrado pelo internacional português Mário Rui, reduziu para 3-1, com o defesa grego Konstantinos Manolas a faturar de cabeça.

O golo animou a formação napolitana e, dois minutos depois, o avançado mexicano Hirving Lozano - contratado aos holandeses do PSV - também se estreou com um golo na equipa orientada por Carlo Ancelotti.

O italiano Giovanni Di Lorenzo, depois de um livre batido por Jose Callejon, empatou a partida aos 81 minutos, perante a surpresa dos adeptos da Juventus que lotaram o Allianz Stadium, em Turim.

E quando tudo parecia apontar para o empate entre os dois primeiros classificados da última época da liga italiana, que coroou a Juventus como campeã pelo oitavo ano consecutivo, aos 90+2 minutos, o 'gigante' senegalês Kalidou Koulibaly introduziu a bola na própria baliza, ao tentar cortar um livre marcado para o interior da área do Nápoles, dando a vitória à equipa de CR7.

Horas antes, no outro encontro do dia da Série A, o AC Milan, que contou com o internacional português André Silva a titular (foi substituído pelo ponta de lança polaco Krzysztof Piatek aos 60 minutos, já depois de ter visto um cartão amarelo), bateu o Brescia por 1-0, graças ao golo marcado pelo turco Hakan Calhanoglu aos 12 minutos.

Desta feita, o atacante luso Rafael Leão, contratado neste verão pelos 'rossoneri' ao Lille, não saiu do banco de suplentes.

Lusa