Desporto

Líder dos Super Dragões criticado por insultos racistas no jogo com o Young Boys

FERNANDO VELUDO

Clube pode ser sancionado por este episódio.

O líder dos Super Dragões, Fernando Madureira, está a ser acusado nas redes sociais de ter proferido insultos racistas contra um jogador dos Young Boys. O episódio aconteceu no jogo desta quinta-feira a contar para a Liga Europa.

Numa altura em que a FIFA quer por "um ponto final" ao racismo nas competições, o FC Porto pode ser sancionado por causa dos comportamentos da claque.

Entre as partilhas do momento nas redes sociais, destaca-se a de um jornalista suiço que não deixou passar o momento em branco.

"Ontem no Porto, ouvimos claramente a claque do FC Porto a gritar duas vezes ao microfone "macaco" quando Jean-Pierre Nsamé marcava o penálti (a favor dos Young Boys). As sanções serão impostas pelo clube contra este indivíduo ou pela UEFA contra o clube? Digam-me que sim", escreveu no Twitter.

Depois ter sido confrontado com o facto de o líder dos Super Dragões ser conhecido como "macaco", o jornalista manteve a sua convicção e publicou um vídeo para demonstrar que os insultos eram dirigidos ao jogador dos Young Boys.

O FC Porto estreou-se com um triunfo na fase de grupos da Liga Europa frente ao Young Boys, por 2-1.