Desporto

Jogadores do Chelsea têm de pagar mais de 20 mil euros se chegarem atrasados aos treinos

David Klein

E mais de 580 euros por cada minuto de atraso nas reuniões da equipa.

O treinador do Chelsea, Frank Lampard, impôs um regime disciplinar rígido à equipa, com várias multas pesadas, incluindo uma de 20 mil libras (mais de 23 mil euros) se os jogadores chegarem atrasados aos treinos, conta o The Guardian.

Qualquer jogador que não admita uma doença ou lesão antes de um dia de folga ou uma hora e meia antes do treino pode esperar uma multa de 10 mil libras (mais de 11 mil euros). Os atrasos aos tratamentos, consultas médicas ou jogos da jornada vão custar 2.500 libras (quase três mil euros) aos atletas.

Se algum telemóvel tocar durante uma refeição ou reunião da equipa, vais custar mais de 900 euros, assim como a roupa errada para viagens de equipa ou dias de jogos.

O treinador da equipa considera que esta lista - intitulada "Multas internas ao jogador do Chelsea FC na temporada 2019-20" - é precisa. A lista é datada de 27 de agosto e assinada por Lampard.

As multas duplicam se não forem pagas num prazo máximo de 14 dias.

Outras multas incluem 5 mil libras (mais de 5.800 euros) pelos jogadores não comparecerem para cumprirem tarefas corporativas ou comunitárias.

Lampard assumiu o comando de Stamford Bridge no verão e o seu rigoroso regime parece estar a funcionar, uma vez que a equipa está em terceiro na tabela da Premier League, depois de seis vitórias consecutivas.

  • Ministra reitera que grandes obras nos centros de saúde estão garantidas
    2:13