Desporto

Primeiro-ministro lembra Paulo Gonçalves pela “ética, altruísmo e sã competição”

Paulo Gonçalves no Dakar 2019

Mariana Bazo / Reuters

António Costa lamentou a morte do piloto.

Numa mensagem no Twitter, o primeiro-ministro enviou as condolências à família e relembrou Paulo Gonçalves como um exemplo de ética e altruísmo e destacou o Prémio Nacional de Ética no Desporto que o piloto conquistou em 2016.

O piloto português, de 40 anos, morreu este domingo na sequência de uma queda durante a sétima de 12 etapas da 42.ª edição do Rali Dakar de todo-o-terreno, na Arábia Saudita.

A reação de António Costa segue-se à do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que o lembrou como "um digníssimo representante de Portugal".