Desporto

PGR abriu inquérito ao Conselho de Arbitragem

Regis Duvignau

Em causa estão alegados crimes de corrupção.

A Procuradoria-Geral da República abriu um inquérito ao Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, por alegados crimes de corrupção e falsificação de documentos.

A investigação surgiu depois da denúncia do antigo Árbitro Jorge Ferreira sobre pressões dos dirigentes da arbitragem nacional juntos dos árbitros para favorecer Benfica, FC Porto e Sporting.

A investigação encontra-se a cargo do Departamento Central de Investigação e Ação Penal.