Desporto

Contratos de jogadores "automaticamente prorrogados" até final da I Liga

Reuters Staff

Decisão concertada entre Federação Portuguesa de Futebol, Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol e Associação Nacional de Treinadores de Futebol.

Os contratos dos futebolistas e treinadores dos 18 clubes da I Liga portuguesa de futebol serão "automaticamente prorrogados" até final da competição e da final da Taça de Portugal, segundo um memorando de entendimento assinado esta segunda-feira.

O documento, subscrito pela Federação Portuguesa de Futebol, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, o Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol e a Associação Nacional de Treinadores de Futebol visa proteger todas as partes devido ao atraso na conclusão da época, ditada pela pandemia de Covid-19, que levou ao abandono da II Liga e demais competições abaixo desse campeonato.

"O termo da época desportiva 2019/20 ocorre no dia seguinte ao último jogo oficial das competições desta época", pode ler-se no comunicado, no qual fica explícito que esta alteração permite que os vínculos desportivos, assinados entre clubes da I Liga e treinadores e jogadores, sejam alargados.

Se o termo desses contratos ocorrer "na época desportiva em curso, tal como definida regulamentarmente, consideram-se automaticamente prorrogados até termo da época", não ficando limitados à data anterior, que seria de 30 de junho.

Assim, também os contratos de empréstimo em que "sejam cessionários clubes participantes na I Liga" são prorrogados.