Desporto

Carlos Sainz Jr. na Ferrari e Daniel Ricciardo na McLaren no Mundial de F1 de 2021

POOL New

Carlos Sainz Jr., filho do ex-piloto de ralis Carlos Sainz, assinou por dois anos com a Ferrari, para substituir o alemão Sebastian Vettel.

O piloto espanhol Carlos Sainz Jr. vai representar a Ferrari no Mundial de Fórmula 1 de 2021, sendo substituído na McLaren pelo australiano Daniel Ricciardo, de saída da Renault, confirmaram esta quinta-feira as escuderias italiana e britânica.

"Ainda tenho um ano importante com a McLaren Racing e espero voltar a competir com eles novamente nesta temporada [parcialmente suspensa devido à pandemia de covid-19]", disse na sua rede social Twitter o piloto espanhol, afirmando estar muito feliz por trabalhar com a Ferrari.

Carlos Sainz Jr., de 25 anos e filho do ex-piloto de ralis Carlos Sainz, presentemente na McLaren, assinou por dois anos com a Ferrari, para substituir o alemão Sebastian Vettel, antigo tetracampeão mundial, e fazer equipa com o monegasco Charles Leclerc.

O piloto espanhol chegou à Fórmula 1 em 2015, pela equipa Toro Rosso, onde permaneceu até meados da temporada de 2017, quando assinou com a Renault. No final de 2018, ingressou na McLaren, onde permanecerá até o final deste ano.

Sainz Jr. disputou um total de 102 grandes prémios de F1 e o terceiro lugar alcançado no Brasil, na temporada de 2019, é o melhor resultado até ao momento.

Depois de Alfonso Cabeza de Vaca (Marquês de Portago) e Fernando Alonso, Carlos Sainz Jr. é terceiro espanhol a ser piloto oficial da Ferrari. Marc Gené e Pedro de la Rosa também representaram a escuderia italiana, mas como pilotos de testes.

O substituto na McLaren do espanhol Carlos Sainz Jr. será o australiano de Daniel Ricciardo - que se encontra presentemente na Renault -, com um contrato "por vários anos", confirmou a escuderia britânica.

Daniel Ricciardo, de 30 anos, será colega de equipa do britânico Lando Norris, de 20, que se estreou na Fórmula 1 em 2019, no Grande Prémio da Austrália, depois de ter sido campeão da F3 em 2017 e vice-campeão da F2 em 2018, e que está na terceira temporada na McLaren.