Desporto

Direção da Liga deixa de ter representação de clubes 

JOSÉ COELHO

Passa a haver presidente e direção executiva.

A Liga de Clubes aprovou na segunda-feira o novo modelo de governação, proposto por Pedro Proença.

Prevê que a direção deixe de ter clubes representados e passe a haver um novo modelo com um presidente e direção executiva, com poderes reforçados.

Vai ser criado ainda um grupo de Trabalho com clubes da I e II Ligas e que vai trabalhar na alteração dos estatutos, o que exigirá novas eleições, ainda sem data marcada.

Veja também: