Desporto

Fernando Morientes pede paciência para João Félix

Ex-futebolista espanhol considera que "João Félix já é uma das estrelas" da competição.

O ex-futebolista espanhol Fernando Morientes pediu hoje paciência para João Félix, considerando que o internacional português "vai ser um jogador tremendamente importante" para o Atlético de Madrid.

Em teleconferência com jornalistas portugueses, promovida pela Eleven Sports, que têm os direitos televisivos da Liga espanhola em Portugal, o antigo avançado considerou que "João Félix já é uma das estrelas" da competição.

Rafael Marchante

"É um jogador muito jovem, que custou muito dinheiro [o Atlético pagou 120 milhões ao Benfica] , e as pessoas querem rendimento rapidamente. Tem muito talento e grande qualidade, mas ainda não deu o que as pessoas esperam dele. Sendo pacientes, [João Félix] vai ser um jogador tremendamente importante. No futuro vamos ver o melhor João Félix", disse.

Sobre o regresso da Liga espanhola, previsto para 11 de junho, com um dérbi Bétis-Sevilha, após a paragem causada pela pandemia de covid-19, Morientes afirmou que "há muita incerteza" e que tem "muita vontade de ver o primeiro jogo, mas ainda mais o último", porque seriam "boas notícias" e que a prova iria chegar ao fim.

O recomeço da Liga espanhola vai ser, à semelhança de outras ligas, feito à porta fechada, sem público nas bancadas, algo que Morientes considera que "é algo muito estranho, muito diferente, parecem jogos de treino".

"Para todos é difícil jogar sem adeptos. Os jogadores adaptam-se ao que há e vão mostrá-lo. Vão adaptar-se às características do novo futebol. Os jogadores querem fazer a sua profissão. Se no ano que vem continua sem público, os clubes e os jogadores vão adaptar-se. Mas ver um jogo com público é o que mais queremos", assumiu.

Essa ausência de adeptos pode beneficiar as equipas visitantes, que podem fazer mais golos e conseguir mais pontos, por não terem os adeptos contra si.

"Todos dizemos que o futebol é um sentimento. Por isso, não é a mesma coisa jogar com a bancada a teu favor ou não ter ninguém. O jogador é profissional, mas é uma pessoa e sente isto", referiu.

Questionado sobre quem foi o melhor jogador em termos de rendimento nos últimos 10 anos na Liga espanhola, Morientes disse que, mesmo havendo excelentes jogadores num segundo plano, teria de escolher Messi e Cristiano Ronaldo.

Também presente da teleconferência, Blanca Ochoa, representante da LaLiga para Portugal, revelou algumas das novidades para o recomeço da Liga espanhola, que terá bancadas virtuais, com imagens de adeptos em tamanho real, e som ambiente virtual, usando a biblioteca de um videojogo.

Em homenagem aos profissionais de saúde que combateram a pandemia de covid-19, vai ouvir-se um aplauso, que pode ser gravado pelos adeptos, em todos os jogos, ao minuto 20.

  • 2:34