Desporto

Manchester United sobe a quarto. Bruno Fernandes volta a destacar-se com um golo e duas assistências

Peter Powell

Veja o golo marcado de livre.

O internacional português Bruno Fernandes fechou este sábado a goleada do Manchester United ao 'aflito' Bournemouth, por 5-2, ajudando os 'red devils' a subirem provisoriamente ao quarto lugar da Liga inglesa de futebol, em jogo da 33.ª jornada.

O sexto golo na Premier League de Bruno Fernandes, que já tinha 'bisado' frente ao Brighton, na ronda anterior, surgiu aos 59 minutos, na marcação de um livre direto, fechando um jogo que até começou mal para os 'red devils', quando Junior Stanislas deu vantagem aos visitantes, aos 16.

O United operou a reviravolta ainda no primeiro tempo, através de Mason Greenwood, aos 29 minutos - assistido por Bruno Fernandes -, Marcus Rashford, aos 35, de grande penalidade, e do francês Anthony Martial, aos 45+2, com um excelente pontapé de fora da área, depois de receber um passe do internacional luso.

A reação do penúltimo colocado no segundo tempo, com o golo de Joshua King, aos 49 minutos, de penálti, acabou por ser travada pelo 'bis' de Greenwood, aos 54, antes de Bruno Fernandes 'selar' o terceiro triunfo seguido do Manchester United, que subiu ao quarto lugar, com 55 pontos, mais um do que o Chelsea, que hoje recebe o Watford.

A formação comandada por Ole Gunnar Solskjaer continua a três pontos do Leicester, terceiro classificado, que colocou fim a uma série de três jogos sem vencer e bateu por 2-0 o Crystal Palace.

Sem o internacional português Ricardo Pereira, ainda a recuperar de grave lesão num joelho, os 'foxes' conseguiram o primeiro triunfo desde a retoma da competição, com um golo do nigeriano Kelechi Iheanacho, aos 49 minutos, e dois de Jamie Vardy, aos 77 e 90+4.

O Norwich parece cada vez mais destinado à despromoção ao Championship, tendo-se afundado no último lugar, ao somar a quinta derrota seguida, na receção ao Brighton, por 1-0, com um golo do belga Leandro Trossard, aos 25 minutos.

Além do Chelsea-Watford, hoje disputa-se igualmente o Wolverhampton-Arsenal, sendo que, em caso de vitória, a formação orientada por Nuno Espírito Santo iguala o Manchester United.