Desporto

GP de Fórmula 1 na Rússia vai ter público

POOL New

Os Grandes Prémios de Mugello e de Sochi foram confirmados no calendário.

O Grande Prémio da Rússia de Fórmula 1, que se vai disputar em 27 de setembro, vai ter a presença de público no circuito de Sochi, anunciaram esta sexta-feira os organizadores.

"Será um evento incrível, com a maior assistência possível", afirmou Alexey Titov, promotor do evento, citado pelo jornal francês L'Équipe.

Os Grandes Prémios de Mugello (Itália) e de Sochi (Rússia) foram hoje confirmados no calendário mundial de Fórmula 1 pela Liberty Media, responsável pelo campeonato do mundo, sendo a nona e décima provas da temporada.

O circuito de Mugello, propriedade da Ferrari, acolherá o GP 1000 Ferrari, que assinala a milésima corrida da equipa italiana no Mundial, no dia 13 de setembro.

Duas semanas mais tarde, em 27 de setembro, será a vez de Sochi acolher o GP da Rússia, tal como inicialmente previsto.

Alexey Titov explicou que todos os anos o público marca presença em grande número e que este ano, apesar das dificuldades causadas pela pandemia de covid-19, espera que os fãs do automobilismo possam estar presentes.

"Trabalharemos meticulosamente para receber os espetadores da maneira mais segura possível", frisou.

Portimão pode ser palco de uma prova de F1

Portimão continua na calha para receber uma prova de Fórmula 1, 24 anos depois de o Estoril ter sido palco do último GP de Portugal, no entanto ainda não existe confirmação oficial.

Ao todo, já foram canceladas ou adiadas 13 das 22 corridas da temporada, mas os responsáveis do campeonato esperam ter um calendário com 15 a 18 corridas até ao fim deste ano.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) venceu o primeiro Grande Prémio da Fórmula 1 da temporada, na Áustria, batendo o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), segundo, por 4,257 segundos, e o britânico Lando Norris (McLaren), terceiro, por 5,353.