Desporto

Carlos Carvalhal agredido por encapuzados durante tentativa de assalto

MANUEL FERNANDO ARAÚJO

Técnico do Rio Ave ofereceu resistência aos assaltantes e acabou por ficar ferido.

Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave, clube da I Liga portuguesa de futebol, foi esta terça-feira agredido durante uma tentativa de assalto, à porta de casa, em Braga, confirmou o técnico através das redes sociais.

O treinador português relatou que o incidente aconteceu esta madrugada, quando estava a regressar à sua residência, em Maximinos, Braga, após ter orientado equipa no jogo com o Marítimo (0-0), na Madeira, e foi abordado e ameaçado com recurso a arma branca.

"Fui atacado por três indivíduos encapuzados por volta das 02:15. O meu instinto levou-me a oferecer resistência, se calhar inadvertidamente, e, com a ajuda do meu filho, José Carlos, conseguimos resolver a situação. Resultaram algumas escoriações e um hematoma, mas nada de preocupante", escreveu Carlos Carvalhal.

O técnico, que prescindiu de assistência hospitalar, adiantou que "a PSP de Braga esteve no local e foi inexcedível no apoio prestado".

"Tomaram conta da ocorrência e espero que em breve capturem os responsáveis por esta tentativa de assalto. Agradeço desde já todas as manifestações de amizade e solidariedade", completou.

Fonte do Rio Ave, sexto classificado da I Liga, disse à Lusa que o treinador "está abalado, mas bem fisicamente", e que "já esta tarde estará no estádio para orientar a sessão de treino".