Desporto

Paulo Dybala eleito melhor futebolista em Itália, Ronaldo fora dos premiados

ALESSANDRO DI MARCO / EPA

A atribuição dos seis prémios foi baseada nos dados estatísticos recolhidos pelas plataformas ‘Stats Perform' e ‘Netco Sports' nos jogos do campeonato, Taça de Itália e Supertaça.

O avançado argentino da Juventus Paulo Dybala foi eleito o melhor jogador da temporada 2019/20 do futebol italiano, enquanto o português Cristiano Ronaldo ficou de fora da lista de premiados, anunciou hoje a Liga de clubes transalpina.

Em nota publicada no site oficial da Série A, o organismo explicou que a atribuição dos seis prémios foi baseada nos dados estatísticos recolhidos pelas plataformas ‘Stats Perform' e ‘Netco Sports' nos jogos do campeonato, Taça de Itália e Supertaça da presente época.

Dybala, de 26 anos, somou 11 golos e seis assistências na Série A, contribuindo para o nono título consecutivo da Juventus, que perdeu a final da Taça de Itália para o Inter de Milão e foi derrotada pela Lazio na partida da Supertaça transalpina.

O argentino sucede a Cristiano Ronaldo, companheiro de equipa nos ‘bianconeri', que tinha recebido este prémio na temporada transata. Apesar de ter tido um desempenho superior ao da época anterior, sendo inclusive o segundo melhor marcador do campeonato, com 31 golos, o avançado luso ficou de fora da lista de premiados.

O polaco Wojciech Szczesny, também da Juventus, foi considerado o melhor guarda-redes da temporada em Itália, o central holandês Stefan de Vrij, do Inter de Milão, foi distinguido como o melhor defesa e o argentino Papu Gómez, da Atalanta, como o melhor médio.

Ciro Immobile, jogador da Lazio, melhor marcador da Série A, com 36 golos, e Bota de Ouro da presente temporada europeia, foi distinguido como o melhor avançado, enquanto o prémio de melhor jogador jovem foi atribuído ao médio ofensivo do Parma Dejan Kulusevski, futuro reforço da Juventus.

Os seis galardoados vão receber os respetivos troféus no arranque da próxima época, de acordo com a Série A.