Desporto

Pinto da Costa suspenso por 45 dias

JOSÉ COELHO

Críticas à arbitragem levaram a FPF a multar o presidente do FC Porto.

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, foi suspenso por 45 dias, e multado em 6.120 euros pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

Em causa estão as críticas de Pinto da Costa ao árbitro Artur Soares Dias, após o jogo com o Rio Ave, da 24ª jornada da Primeira Liga. Na altura, as duas equipas empataram a um golo.

O FC Porto também foi multado em 10.200 euros, também por críticas à Artur Soares Dias na newsletter Dragões Diário.

A mesma sanção monetária foi aplicada ao Sporting, também por críticas à arbitragem, depois do empate 0-0 no reduto do Moreirense, da 30.ª jornada do campeonato, em 6 de julho.

Logo depois da partida, numa nota divulgada no site oficial, os 'leões' especificaram três erros do árbitro Tiago Martins e do VAR, Jorge Sousa, acrescentando que "bastou uma sequência de vitórias do Sporting Clube de Portugal para os árbitros começarem a ter erros inexplicáveis".

O emblema de Alvalade foi ainda punido com 5.040 euros de multa pela "prática de infrações" no encontro com o Rio Ave, da fase de grupos da Taça da Liga, disputado em 26 de setembro.