Desporto

Seleção brasileira anuncia igualdade salarial para futebol masculino e feminino

Jorge Adorno

Medida entrou em vigor em março.

A seleção brasileira de futebol feminino receberá a mesma remuneração que a masculina, anunciou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na quarta-feira.

A medida anunciada significa que todos os jogadores que representam o Brasil receberão salários e prémios iguais quando estiverem em serviço da seleção nacional.

O chefe da CBF, Rogério Caboclo, disse que a paridade salarial já está a ser aplicada desde março.

“Desde março deste ano, a CBF fez uma igualdade de valores em relação a prémios e salários entre o futebol masculino e feminino. Ou seja, as jogadoras ganham a mesma coisa que os jogadores durante as convocações.

Aquilo que eles recebem por convocação diária, as mulheres também recebem. Aquilo que elas vão ganhar pela conquista ou por etapas das Olimpíadas ano que vem será o mesmo que os homens vão ter", revelou o Presidente.

A seleção brasileira feminina chegou à final do Mundial em 2007, mas foi eliminada da edição de 2019 nos oitavos-de-final. A derrota deu lugar a um discurso emocionado da jogadora brasileira Marta, que pediu ao país que se unisse a apoiar o futebol feminino.

Lucy Nicholson

  • 21:07