Desporto

Portugal volta a fazer história. Cristiano Ronaldo é o segundo jogador a marcar 100 golos numa seleção

MÁRIO CRUZ

Depois de marcar hoje frente à Suécia para a Liga das Nações.

O português Cristiano Ronaldo tornou-se hoje o segundo jogador da história do futebol a chegar aos 100 golos por uma seleção, ao faturar na Suécia, em encontro do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

No dia em que cumpre a sua 165.º internacionalização 'AA', o 'capitão' da formação das 'quinas', de 35 anos, faturou em Solna aos 45 minutos, colocando Portugal em vantagem na transformação de um livre direto.

Além de Cristiano Ronaldo, apenas o iraniano Ali Daei, atualmente com 51 anos e que teve como ponto alto da carreira a passagem pelo Bayern Munique, em 1998/99, atingiu esta marca, sendo ainda o recordista, com 109 tentos.

Ronaldo estreou-se na seleção em 2003

Nascido em 05 de fevereiro de 1985, no Funchal, o jogador luso estreou-se pela seleção principal em 20 de agosto de 2003, com 18 anos, num particular frente ao Cazaquistão, em Chaves, onde entrou ao intervalo, substituindo Figo.

O primeiro golo aconteceu ao oitavo jogo, no Estádio do Dragão, no Porto, em 12 de junho de 2004, no encontro inaugural do Euro2004: Ronaldo também entrou ao intervalo e faturou de cabeça, após um canto, nos descontos, num desaire por 2-1.

Na prova que Portugal organizou, Cristiano Ronaldo marcou ainda um golo emblemático, o primeiro na vitória sobre a Holanda (2-1), que conduziu Portugal à primeira final da sua história -- a Grécia acabaria com a festa.

No total, o avançado luso acabou 2004 com sete golos pela seleção, registo que só viria a igualar sete anos depois, em 2011, depois de dois em 2005, seis em 2006, cinco em 2007, um em 2008, um em 2009 e três em 2010.

Em 2012, marcou cinco e em 2013 chegou pela primeira vez aos 10. Ficou, depois, por cinco em 2014 e três em 2015, para, em 2016, colocar a 'fasquia' em 13, incluindo mais um numa meia-final de um Europeu, com o País de Gales (2-0).

Voltou a ultrapassar a dezena em 2017 (11), baixou para seis em 2018, ano em que abandonou, temporariamente, a seleção, depois do Mundial, para voltar em 2019 e bater o seu recorde, com 14 golos, incluindo um 'póquer' e dois 'hat-tricks'.

Hoje, ao primeiro jogo em 2020, marcou à Suécia, a sua segunda 'vítima' favorita, a par do Luxemburgo, com seis tentos, menos um do que os marcados à Lituânia. A Andorra, Arménia e Letónia faturou em cinco ocasiões.

Quanto à carreira, e desde que se tornou profissional em 2002/03, Ronaldo soma 746 golos, em 1.035 jogos: 451 tentos pelo Real Madrid, 118 pelo Manchester United, 101 pela seleção 'AA', 65 pela Juventus, cinco pelo Sporting, três pelos sub-21, dois pela seleção olímpica e um pelos sub-20.

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino