Desporto

Jorge Jesus: "Não estou arrependido em regressar ao Benfica"

Jorge Jesus treinou o Benfica entre 2009 e 2015

Action Images

O técnico também garante que não pediu mais nenhum avançado.

O treinador Jorge Jesus disse esta quinta-feira "não estar arrependido" de regressar ao futebol português e ao Benfica, reconhecendo saber "que teria uma tarefa difícil", mas mostrou-se convencido de que vai fazer "uma equipa forte e com qualidade".

"Quando se toma decisões, e no futebol são sempre de risco, numa equipa como o Benfica, que em todos os objetivos joga para ganhar, estás a pôr a fasquia alta. Isso tem feito parte da minha carreira como treinador. Não tenho arrependimento em nada. Nunca me passou pela cabeça", disse o técnico.

Sobre a possibilidade da contratação de um avançado, Jorge Jesus disse que "não foi um pedido", garantindo que vai tentar adaptar os atacantes que tem no plantel às suas ideias.

"O que disse é que temos de ter um avançado que saiba atacar a última linha, que saiba ganhar espaço. O Vinícius e o Seferovic não têm essas características. Não são jogadores que saibam puxar o jogo. Isso é uma característica que com o Darwin acho que vamos ter. Dos três, tenho de arranjar forma de puxar essa característica, que para mim é muito importante", partilhou o técnico.

O regresso ao futebol português

O Benfica joga esta sexta-feira em Famalicão no arranque do campeonato nacional e para Jorge Jesus os reforços que chegaram às equipas portuguesas vão dar muito mais qualidade ao campeonato.

O treinador do Benfica reitera a confiança na conquista do título nacional, embora atribua o favoritismo ao FC Porto.

A deslocação a casa do Famalicão, numa partida que está agendada para as 19:00, terá arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.