Desporto

Bis de Ronaldo salva Juventus de derrota

FEDERICO PROIETTI

Cabeceamento do internacional português dá empate à Juventus frente à Roma.

Dois golos do avançado português Cristiano Ronaldo resgataram este domingo um empate 2-2 para a campeã Juventus na visita à Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, na segunda jornada da liga italiana de futebol.

Num jogo equilibrado e de ritmo elevado, o internacional português resgatou a 'Juve' nas duas vezes em que esteve atrás no marcador, incluindo quando a equipa de Turim já jogava com menos um jogador.

Depois de o arménio Mkhitaryan já ter ameaçado, aos 16 minutos, para defesa do polaco Szczesny, foi o francês Jordan Veretout a marcar o primeiro golo, na conversão de uma grande penalidade, aos 31 minutos, colocando os romanos em vantagem.

Depois de uma mão na bola de um defesa romano, Cristiano Ronaldo fez, também de penálti, o 1-1, aos 44 minutos, mas dois minutos depois o médio francês bisou, num grande contra-ataque conduzido por Mkhitaryan que só terminou no fundo das redes.

No segundo tempo, a formação de Turim demorou a encontrar o caminho da baliza de Mirante e o 'capitão' da Roma, o bósnio Dzeko, ainda acertou no poste, aos 56, seis minutos antes de o francês Rabiot ser expulso nos forasteiros.

Com menos um elemento, a campeã em título não tremeu e até empatou, num cabeceamento certeiro de Ronaldo, a fazer o terceiro golo na 'Série A', em duas jornadas, em resposta a um cruzamento do ex-jogador do FC Porto Danilo.