Desporto

Jorge Jesus confirma dupla Otamendi-Jardel na defesa do Benfica frente ao Farense

Anton Vaganov

O Benfica recebe o Farense no domingo, às 18:30, em jogo da 3.ª jornada da I Liga de futebol.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, revelou hoje que Otamendi e Jardel formarão a dupla de centrais da equipa frente ao Farense, em jogo da 3.ª jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de imprensa, realizada no Centro de Estágios do Seixal, o técnico das 'águias' confirmou também que Vertonghen não será opção nos próximos encontros.

"Vertonghen não vai a jogo. Teve uma lesão complicada num osso da face e vai estar fora do jogo e penso que não vai ter condições para ir à seleção da Bélgica. Quanto ao Nico Otamendi, vai jogar. É um jogador que ainda não conhece as nossas ideias e rotinas, mas que conhece o jogo. Tem muita experiência, vem de uma equipa onde jogou ao mais alto nível, não direi que está bem fisicamente porque não está. Só irá estar se jogar. Vai jogar. Amanhã [domingo] ainda temos treino e ainda pode acontecer alguma coisa, mas, na minha cabeça, vai jogar", disse.

O treinado do Benfica explicou as razões que o levam a colocar Jardel ao lado de Otamendi em detrimento do jovem Ferro.

"Jardel trabalhou comigo vários anos e sabe quais são as minhas ideias defensivas. Não sou o mesmo treinador de quando estive no Benfica, mas há coisas em que mantenho as mesmas ideias. Jardel, Samaris, André [Almeida] e Pizzi já trabalharam comigo e sabem as minhas ideias. Por isso, não é Otamendi-Ferro, mas Otamendi-Jardel. Penso que Jardel pode ajudar mais o Otamendi em relação às ideias que tenho", referiu.

A ausência de Ferro no onze benfiquista na receção ao Farense não significa que o treinador não conta com o defesa, antes pelo contrário, vincou, considerando que se trata de um jogador que pode melhorar vários aspetos.

"Claro que conto com o Ferro, não é um jogador para sair. É um jovem jogador que teve dois anos diferentes do seu rendimento, tal como a equipa, acho que cobraram muito em cima do jogador. O problema não foi do Ferro, mas de toda a equipa. Está a tentar beber as nossas ideias. Ele tem as suas características: não é um jogador muito rápido e estamos a tentar melhorar um pouco essa característica dele e queremos que seja um jogador mais confiante", disse.

Jorge Jesus disse também que Rúben Semedo, defesa do Olympiacos, é um jogador que gostaria de ter no plantel e que esse também é um desejo do central português.

"Rúben Semedo era prioridade do Benfica. Primeiro porque é português, segundo já trabalhou comigo um ano e, depois, tem qualidade. Tenho visto os jogos do Olympiacos e está mais jogador, está na seleção e não tenho dúvida de que vai ser, mais ano menos ano, que vai formar com o Rúben [Dias] a dupla da Seleção. Esperança em tê-lo? Não tenho muita porque o Olympiacos percebeu que o Benfica estava muito interessado no jogador e pôs muitas fichas ao mesmo tempo na mesa. O Benfica não tem fichas para o que eles querem. O jogador quer vir para Portugal, para o Benfica e trabalhar comigo. Agora não sei se vai conseguir", disse.

Em relação ao encontro de domingo no Estádio da Luz com o Farense, o treinador espera um jogo semelhante que houve com o Moreirense e Famalicão nas jornadas anteriores.

"O Farense vai querer ser defensivamente organizado e vai querer surpreender-nos em bolas paradas ou contragolpe. Estes são os momentos que podem ter mais importância e podem ter essa objetividade para o Farense. Nós vamos ser uma equipa que vai passar a maior parte do tempo em ataque posicional, em 'pressing' constante, tentando fazer o que é o nosso ADN. Foi assim em Famalicão, com o Moreirense e vai ser com o Farense", vaticinou.

Questionado sobre o sorteio da Liga Europa, em que que o Benfica ficou no Grupo D com o Rangers (Escócia), Standard Liège (Bélgica) e Lech Poznan (Polónia), o técnico frisou o objectivo de passar à fase seguinte e subir no ranking da UEFA.

"Não direi se o grupo é fraco ou forte, foi o que nos calhou. Respeitamos os adversários e não tema para confundir os nossos objetivos: não é só ser apurado, é fazer pontos no ranking para ver se o Benfica, que quando saí estava em 5.º ou 6.º e agora não sei se está em 20.º ou 30.º, consegue no espaço de dois anos consegue entrar nos 10 primeiros", vincou.

O Benfica recebe o Farense no domingo, às 18:30, num encontro da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol onde vai tentar dar seguimento ao bom arranque de campeonato conseguido com a vitória por 5-1, no terreno do Famalicão, e, depois, na receção ao Moreirense (2-0).