Desporto

Juventus-Nápoles vai realizar-se apesar dos casos de covid-19

Massimo Pinca

Partida agendada para este domingo às 20:45 (horas locais, 19:45 em Lisboa).

O jogo entre a Juventus e o Nápoles, da terceira jornada da Série A, vai decorrer no domingo como agendado, apesar dos casos de covid-19 nas duas equipas, confirmou este sábado a Liga italiana de futebol.

"A Liga confirma que o jogo Juventus-Nápoles, a contar para a terceira jornada da Serie A, permanece agendada para 04 de outubro, às 20:45 (horas locais, 19:45 em Lisboa)", informa o organismo, em comunicado.

A incerteza pairou sobre a realização do encontro após a comitiva do Nápoles não ter seguido viagem de avião para Turim, alegadamente por decisão das autoridades sanitárias locais, após a confirmação de dois casos de covid-19 no plantel.

Depois de o médio polaco Piotr Zielinski ter acusado positivo para a covid-19 na sexta-feira, o Nápoles anunciou hoje que um segundo jogador do plantel principal também contraiu a infeção, neste caso o também médio macedônio Eljif Elmas.

Apesar da notícia de que a equipa do Nápoles não tinha seguido viagem na noite de hoje para Turim, de avião, como o planeado, a eneacampeã italiana mostrou a sua disposição para jogar esta partida no domingo, tal como o previsto.

A Juventus garantiu em comunicado que os seus jogadores estariam em campo no domingo à noite na hora marcada para o pontapé de saída, "conforme o planeado no calendário da Serie A".

Juventus em isolamento

Isto apesar de a formação de Cristiano Ronaldo ter revelado que o plantel e a equipa técnica foram colocados em isolamento, devido a dois casos positivos de covid-19 entre funcionários do clube.

Em comunicado, o clube eneacampeão italiano refere que o protocolo de saúde agora aplicado "permitirá que todos os que testem negativo treinem e joguem, mas impede os contactos fora do grupo".

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    O Conselho de Ministros reúne-se para decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas apresentadas pelo Governo aos partidos esta 6ª feira. Os EUA continuam a ser o país mais afetado pela Covid-19. No Mundo há registo de mais de 45 milhões de infetados e 1,1 milhões de mortos.

    Ao Minuto

    SIC Notícias