Desporto

Cavani assina por uma temporada com o Manchester United

David Vincent

Anunciou esta segunda-feira o clube da Liga inglesa de futebol.

O avançado internacional uruguaio Edinson Cavani, que estava livre desde que em junho deixou o Paris Saint-Germain, assinou por uma temporada com o Manchester United, anunciou esta segunda-feira o clube da Liga inglesa de futebol.

De acordo com o comunicado dos 'red devils', Cavani "assinou por um ano, com opção de renovação por mais uma temporada", tornando-se, assim, no segundo reforço assegurado pelo United no último dia de 'mercado' em Inglaterra, depois do brasileiro Alex Telles, recrutado ao FC Porto.

"O Manchester United é um dos maiores clubes do mundo, portanto, é uma honra estar aqui. Trabalhei no duro durante este periodo e sinto-me preparado para competir e representar este clube incrível", afirmou Cavani, em declarações reproduzidas no site oficial do emblema inglês.

Edinson Cavani, de 33 anos, era um jogador livre, após ter chegado ao fim a ligação de sete anos ao Paris Saint-Germain. Desde então, foi apontado a vários clubes e chegou a estar perto de reforçar o Benfica.

Começou a carreira no Danubio, passou pelo Palermo, entre 2006 e 2010, mas foi no Nápoles que se evidenciou ao longo de três anos, somando 104 golos em 138 jogos, antes de rumar à capital francesa.

Nos sete anos em que representou o PSG, Cavani disputou 301 jogos e marcou 200 golos, tornando-se mesmo no melhor marcador da história do emblema gaulês, à frente do sueco Zlatan Ibrahimovic (156) e do português Pedro Pauleta (109).

Pelos parisienses, o internacional uruguaio conquistou seis campeonatos franceses, cinco taças de França, seis taças da Liga francesa e quatro supertaças, além de ter sido o goleador máximo da 'Ligue 1' em 2016/17 (35 golos) e 2017/18 (29).

Com 116 jogos e 50 golos pela seleção do Uruguai, Cavani é o terceiro futebolista com mais partidas pelo conjunto sul-americano - atrás de Diego Godín (135) e do ex-jogador de Benfica e FC Porto Maxi Pereira (125) - e o segundo melhor marcador da 'celeste', depois de Luis Suárez (59).

O avançado participou nos Mundiais de 2010, 2014 e 2018, em quatro edições da Copa América, em 2011 (vencida pelo Uruguai), 2015, 2016 e 2019, tendo ainda representado os 'charruas' nos Jogos Olímpicos de Londres2012.

De resto, no Mundial2018, Cavani foi o 'carrasco' de Portugal, ao apontar os dois golos do triunfo do Uruguai (2-1), nos oitavos de final da competição que se realizou na Rússia.

Rui Costa admite que exigências de Cavani eram incomportáveis para o Benfica