Desporto

Giro: João Almeida agarra-se à rosa após "festival de sofrimento" na subida

Ciclista português foi além dos limites e continua a surpreender o mundo.

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) suportou este domingo o que apelidou de "festival de sofrimento" na 15.ª etapa para segurar a liderança da geral da Volta a Itália em bicicleta, prometendo "defender a camisola rosa" até onde puder.

Na segunda-feira, cumpre-se o segundo e último dia de descanso, antes de uma derradeira semana de prova, com seis etapas, marcada pela alta montanha, antes do contrarrelógio da 21.ª etapa, em Milão.