Desporto

Luís Filipe Vieira reeleito Presidente do Benfica

TIAGO PETINGA

Com mais de 60% dos votos.

Luís Filipe Vieira foi reeleito para o sexto mandato como Presidente do Benfica com 62,6% dos votos, numa votação histórica para o clube, por ter sido a que levou mais sócios às urnas, com 38.102 votantes.

Noronha Lopes sumou 34,7% dos votos e Rui Gomes da Silva 1,6%.

Luís Filipe Vieira, de 71 anos, que já é o presidente com mais tempo na liderança do Benfica, foi reeleito para o quadriénio 2020-2024, depois de ter sido eleito pela primeira vez há 17 anos, em 2003.

As primeiras palavras de Vieira após a reeleição

Em reação à vitória, o Presidente dos “encarnados” disse à SIC Notícias estar “feliz” e que este é um reconhecimento do trabalho que foi feito.

“O que conta daqui para a frente é estarmos todos unidos”, afirmou.

“Nunca nenhum clube fez o que o Benfica fez hoje, é um orgulho”

No discurso depois de ser reeleito, considerou que os benfiquistas deram uma “demonstração única de vitalidade” ao fazerem o que “nenhum clube tinha feito até hoje”. Diz-se ainda orgulhoso por liderar um clube com capacidade de mobilização, organização e competência.

Sobre o futuro dos “encarnados”, considera que o caminho é feito através da união, sublinhando que essa será um dos desafios mais importantes dos próximos quatro anos. Vieira diz-se orgulhoso de ter chegado onde chegou sem “fações nem grupos apostados em dividir ou provocar desgaste”.

“Espero que respeitem os resultados e que a partir de agora haja só um Benfica”.

Para concluir, afirmou ainda que é um homem feliz e orgulhoso pelo seu percurso e pela confiança depositada em si pelos adeptos.

“Teremos quatro anos exigentes, seremos fortemente desafiados, mas saberemos responder à altura da história do Sport Lisboa e Benfica”.

Na história do clube é apenas a sétima vez que concorrem três listas à liderança, e apenas não existe o recorde de quatro porque a candidatura da lista C, encabeçada por Luís Miguel David, e proposta por Bruno Costa Carvalho, se retirou.

Está aqui o próximo Presidente do Benfica

Os benfiquistas escolheram entre a lista A de Luís Filipe Vieira, de 71 anos, o presidente em exercício e a pessoa com mais tempo na liderança do Benfica, há 17 anos, desde 2003, e os antigos vice-presidentes Noronha Lopes e Rui Gomes da Silva (lista D).

O sufrágio - que manteve Luís Filipe Vieira como 33.º presidente - aconteceu por voto eletrónico, num ato antecipado em dois dias, devido à proibição de circulação de pessoas entre concelhos, como medida de combate à pandemia de covid-19.

Vítor Paneira lança suspeitas sobre sistema de voto eletrónico

Vítor Paneira, mandatário do candidato à presidência do Benfica Noronha Lopes, disse esta quarta-feira que a lista B tem conhecimento de que há intrusões no sistema de voto eletrónico nas eleições para os órgãos sociais do clube lisboeta.

"Este sistema cria-nos fortes dúvidas. Há indícios de que há pessoas a entrarem no sistema que nem sócios são. Por isso, temos algumas dúvidas", disse Vítor Paneira.

O antigo futebolista do Benfica, que tem sido uma das vozes mais críticas à gestão de Luís Filipe Vieira, deixou, por isso, um apelo à "transparência", avançando que a única forma de a conseguir é contar os votos físicos depois de feita a contabilização dos votos eletrónicos.

“Eleições do Benfica? Não se pode considerar normal a ausência de debates”

Rui Santos analisa a falta de debates entre os candidatos às eleições.

“História do Benfica não se reduz ao ‘Benfica mau’ de Vale e Azevedo e ao ‘Benfica bom” de Vieira”

  • 0:43