Desporto

O espetáculo de Ronaldo no regresso aos relvados depois de recuperar da covid-19

PASQUALE BOVE

Juventus goleou em Spezia.

Mais de duas semanas depois de ter tido um resultado positivo à covid-19, Cristiano Ronaldo regressou aos relvados para 'embalar' a campeã Juventus para uma goleada em Spezia (4-1), com um 'bis' do futebolista português.

O internacional luso, que tinha entrado em quarentena em 13 de outubro, quando ainda estava ao serviço da seleção portuguesa, regressou apenas este domingo e nem foi titular no jogo da Liga italiana, entrando apenas na segunda parte, aos 59 minutos, quando o resultado estava 1-1.

Morata adiantou a 'Juve' aos 14 minutos, e Pobega igualou para o Spezia aos 32 minutos, mas foi preciso esperar pela segunda parte para tudo mudar, com CR7 a entrar e a mostrar que estava com 'fome' de golos.

O português marcou apenas três minutos depois de entrar, fintando o guarda-redes contrário, Rabiot aumentou para 3-1, e Cristiano fixou o resultado na conversão de uma grande penalidade 'à panenka', aos 76, picando a bola desde a marca dos 11 metros.

PASQUALE BOVE

A 'Juve', nove vezes campeã consecutiva nas últimas épocas, está em segundo lugar, a quatro pontos do líder AC Milan, que hoje venceu na visita à Udinese (2-1), mas pode ser ultrapassada por Nápoles ou Sassuolo, que estão a um ponto da 'vecchia signora' e hoje ainda se defrontam.

A tarde teve ainda um final 'eletrizante' no Torino-Lazio, jogo com 10 minutos de compensação, em que a equipa da casa chegou à vantagem de 3-2 aos 87 minutos, mas viu os romanos marcarem aos 90+5 e aos 90+8 e vencer por 4-3.

PASQUALE BOVE

Um final de loucos em Turim, num jogo em que Bremer (19 minutos), Belotti (24, de penálti) e Lukic (87) marcaram para o Torino, e Andreas Pereira (15), Milinkovic-Savic (49), Immobile (90+5, de penálti) e Caicedo (90+8) para a Lazio.

Mais cedo, o AC Milan tinha segurado a liderança na Serie A, com Rafael Leão de início e Diogo Dalot já na segunda parte, mas no qual a 'estrela' foi o sueco Zlatan Ibrahimovic, ao assistir e marcar no triunfo por 2-1 em casa da Udinese.

PASQUALE BOVE

Ainda hoje, a Roma, de Paulo Fonseca, recebe a Fiorentina, o Nápoles o Sassuolo, e a Sampdoria o Génova, em jogos também da sexta jornada, que termina apenas na segunda-feira com o jogo entre Hellas Verona e Benevento.