Desporto

Treinador do Vitória de Guimarães promete "honrar" memória de Rui Viana ao longo da época

O técnico adiantou ter recebido "surpreendentemente" a "triste notícia" do "falecimento súbito" de Rui Viana.

O treinador João Henriques afirmou hoje que o Vitória de Guimarães quer, ao longo da época, honrar a memória de Rui Viana, fisiologista da equipa da I Liga portuguesa de futebol que morreu hoje, aos 26 anos, de forma súbita.

"Era um elemento muito válido desta estrutura, um jovem promissor a desempenhar as suas tarefas. Vamos recordá-lo sempre durante esta época. Daqui para a frente, a sua memória será honrada como a de um profissional de corpo inteiro, apesar da tenra idade. Ficamos mais pobres até ao final da época", realçou, durante a antevisão à receção ao Santa Clara, para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, agendada para as 14:00 de domingo.

O técnico adiantou ter recebido "surpreendentemente" a "triste notícia" do "falecimento súbito" de Rui Viana e endereçou as condolências à "família enlutada", em nome dos jogadores, da equipa técnica e de toda a restante estrutura do clube minhoto.

Natural de Esposende, o fisiologista ingressou no Vitória de Guimarães no início da presente época, para trabalhar no departamento de alto rendimento da equipa principal de futebol, após passagens por Rio Tinto, Varzim, Benfica, Sporting de Braga, Académica e Desportivo de Chaves.