Desporto

Dortmund despede treinador depois da goleada sofrida diante do Estugarda

Treinador suíço Lucien Favre

FOCKE STRANGMANN / POOL

Lucien Favre tinha assumido o cargo de treinador do Dortmund em 2018/19.

O treinador suíço Lucien Favre foi despedido do Borussia Dortmund, um dia após a goleada sofrida diante do Estugarda, por 5-1, em jogo da 11.ª jornada da Liga alemã de futebol.

"Lucien Favre não é mais treinador do Dortmund", revelou o clube na rede social Twitter, adiantando que Edin Terzic, um dos adjuntos, assumirá a equipa "até final da época".

O Borussia Dortmund, equipa do lateral internacional português Raphaël Guerreiro, sofreu no sábado a derrota mais pesada da época, ao perder com uma 'mão cheia' de golos, caindo para o quinto lugar da classificação.

O Estugarda, sétimo, deu uma 'lição' de futebol à equipa de Lucien Favre, com o Dortmund perdido em campo, num jogo em que continuou sem contar com o norueguês Haaland, lesionado, mas também Thorgan Hazard, Meunier ou Delaney.

Na Liga dos Campeões, a equipa passou em primeiro do seu grupo, à frente da Lazio, e é uma das possíveis adversárias do FC Porto na segunda-feira no sorteio dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Lucien Favre tinha assumido o cargo de treinador do Dortmund em 2018/19, após duas épocas no Nice, mas em duas épocas e meia conseguiu apenas vencer a Supertaça da Alemanha.

  • Marcelo toma posse para segundo mandato

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa toma hoje posse para um segundo mandato como Presidente da República, pelas 10:30, no Parlamento, com assistência reduzida devido à covid-19. À tarde, o chefe de Estado estará no Porto. Acompanhe aqui a cerimónia de posse e juramento na Assembleia da República.

    Direto

    SIC Notícias