Desporto

Treinador croata Otto Baric morre aos 87 anos

Gil Cohen Magen

O antigo selecionador da Croácia Otto Baric morreu esta segunda-feira aos 87 anos.

O antigo selecionador da Croácia Otto Baric morreu esta sgeunda-feira, aos 87 anos, informou a Federação croata de futebol, com a imprensa do país a indicar que o técnico morreu em consequência da covid-19.

Em comunicado, a federação transmite as condolências à família do treinador, pela "perda irreparável".

Otto Baric foi o treinador que esteve à frente da Croácia no Euro2004, disputado em Portugal, com aquela seleção a ficar pela fase de grupos, num grupo em que terminou em terceiro, atrás de França e Inglaterra.

O técnico orientou os croatas entre 2003 e 2004, mas foi também selecionador da Áustria entre 1999 e 2001 e da Albânia entre 2007 e 2008.

Na carreira esteve igualmente à frente de vários clubes, nomeadamente Lokomotiv Zagreb, LASK Linz, Rapid Viena, Dínamo Zagreb, Estugarda, Sturm Graz, Casino Salzburgo ou Fenetbahce, com títulos na Áustria e na Croácia.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia