Desporto

Antiga glória do Manchester City, Colin Bell, morreu aos 74 anos

Mirrorpix/ Manchester City

Bell atuou nos 'citizens' ao longo de 13 anos.

O ex-futebolista inglês Colin Bell, que brilhou ao serviço do Manchester City na década de 70, morreu hoje aos 74 anos, vítima de doença súbita, informou esta terça-feira o clube britânico.

Bell atuou nos 'citizens' ao longo de 13 anos, jogando 492 partidas e marcando 152 golos, tendo conquistado vários troféus, como a Taça de Inglaterra, a Taça da Liga e a Taça dos Clubes Vencedores das Taças.

O médio ofensivo, apelidado de 'Nijinsky', como o famoso bailarino russo Vaslav Nijinsky, por causa dos seus movimentos habilidosos no relvado, contou ainda com 48 internacionalizações e nove golos ao serviço de Inglaterra, tendo participado no Mundial de 1970, no México.

"Poucos jogadores deixaram uma marca tão indelével no City", realçou em comunicado o clube da Premier League, onde atuam os portugueses Bernardo Silva, João Cancelo e Rúben Dias.

Por seu turno, o presidente Khaldoon Al Mubarak destacou que Bell "será sempre lembrado como um dos melhores jogadores do Manchester City", cujo estádio tem uma bancada com o seu nome, após votação dos adeptos em 2004.