Desporto

Diretor desportivo da Roma nos cuidados intensivos após sofrer acidente de viação

O diretor desportivo da Roma, Morgan De Sanctis (arquivo)

Wolfgang Rattay

A Roma, terceira classificada da Serie A, com 33 pontos, ainda não se pronunciou sobre o acidente que envolveu o ex-guarda-redes.

O diretor desportivo da Roma, Morgan De Sanctis, foi operado de urgência a uma hemorragia abdominal, tendo-lhe sido removido o baço, após sofrer um acidente de viação na terça-feira, confirmou a agência noticiosa italiana ANSA.

Segundo os meios de comunicação transalpinos, o antigo futebolista, de 43 anos, está internado nos cuidados intensivos, mas consciente e em condição estável, depois do aparatoso acidente na movimentada Via Cristoforo Colombo, em Roma, local onde o automóvel em que seguia capotou.

De Sanctis saiu dos 'giallorossi' no final da temporada 2015/16, para terminar a carreira nos franceses do Mónaco, na época seguinte, tendo regressado ao clube romano, treinado atualmente pelo português Paulo Fonseca.

A Roma, terceira classificada da Serie A, com 33 pontos, não se pronunciou, até ao momento, sobre o acidente que envolveu o ex-guarda-redes.