Desporto

Mönchengladbach aplica "multa pesada" a jogador que ignorou confinamento geral

ARMANDO BABANI

Segundo a polícia alemã, o extremo suíço, de 23 anos, participou numa festa ilegal.

O futebolista internacional suíço Breel Embolo foi punido pelo Borussia Mönchengladbach com uma "multa pesada", após ter ignorado o confinamento geral em vigor na Alemanha, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje o clube da Liga germânica.

O diretor desportivo do Borussia considerou que Embolo teve um comportamento "negligente e errado" após o jogo com o Estugarda, em 16 de janeiro, tendo "ignorado as regras que vigoram para todos os cidadãos na Alemanha e o protocolo da 'Bundesliga'".

"Desta forma, decidimos que ele terá de pagar uma pesada multa. Informámo-lo sobre esta decisão e ele aceitou a punição", afirmou Max Eberl, em declarações divulgadas no site oficial do clube.

Embora o 'Gladbach' não tenha adiantado o valor da multa, a comunicação social germânica revela que Embolo vai ter pagar cerca de 200.000 euros pela transgressão.

Segundo a polícia alemã, o extremo suíço, de 23 anos, participou numa festa ilegal perto do lago Baldeneysee, a 60 quilómetros de Mönchengladbach, na qual estariam presentes 23 pessoas, sendo que nenhuma delas utilizava máscara ou respeitava o distanciamento social.

Nas redes sociais, Embolo negou que tenha participado em qualquer festa e assegurou que depois do jogo com o Estugarda foi "jantar com um amigo". Ainda assim, admitiu que, "face ao atual contexto, foi um erro".

O extremo helvético ficou de fora do jogo com o Werder Bremen, que se disputou três dias depois, tendo voltado às opções do técnico Marco Rose na passada sexta-feira, na vitória sobre o Borussia Dortmund (4-2).

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes