Desporto

Champions. FC Porto enfrenta Chelsea com "concentração", "paixão" e "humildade"

Treino FC Porto

JOSE COELHO

Pepe admite que a equipa adversária tem "grandíssimos jogadores", mas afirma que o FC Porto é "um grupo forte".

O FC Porto defronta esta quarta-feira o Chelsea, em Sevilha, "casa" emprestada, em jogo da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol. Na antevisão do jogo, Pepe acredita que, com humildade, a equipa portuguesa vai conseguir superar o Chelsea.

“O que nós temos de ter é concentração competitiva, muita paixão, humildade porque também vamos ter de trabalhar como uma equipa em muitas ocasiões do jogo e eu acho que, tendo esse aspeto e também tendo sempre o sentido da baliza do adversário, nós somos um grupo forte e tendo essa noção de poder ganhar o jogo, vamo-nos debater e vamos ser uma equipa difícil de ganhar”, disse.

O capitão do FC Porto reconheceu que há uma grande diferença no valo das duas equipas, mas afirma que não é o valor monetário que joga em campo. “Tem grandíssimos jogadores, todos nós sabemos”, afirma

Na carreira de Pepe, já contam três Ligas dos Campeões, ganhas ao serviço do Real Madrid. No entanto, o jogador tem o sonho de vencer esta competição europeia com a camisola do FC Porto. Para Pepe, essa vitória é a principal motivação para treinar.

“Senão, não acordava todos os dias e vinha aqui treinar no Olival com essa paixão que eu tenho pelo futebol e por aquilo que me dá prazer que é estar dentro de campo. E acreditar que isso é possível sempre”, partilhou.

Devido à pandemia de covid-19 e das restrições britânicas às viagens, o estádio Ramón Sánchez Pijzuán será o palco dos dois encontros da eliminatória, o primeiro com campeões nacionais a terem o estatuto de visitado e no qual não poderão contar com Sérgio Oliveira e Taremi, ambos castigados.

Pela 11.º vez no 'top 8' da mais importante prova europeia de clubes (nona na era 'Champions'), o FC Porto vai ter pela frente o atual quarto classificado da liga inglesa e equipa que 'renasceu' com a entrada do treinador alemão Thomas Tuchel, apesar de os 'blues' terem sofrido uma pesada derrota caseira (5-2) com o West Bromwich, na última jornada do campeonato inglês.

Em contraponto, na última ronda da I Liga portuguesa, a equipa treinada por Sérgio Conceição bateu em casa o Santa Clara, por 2-1, com o golo da vitória a aparecer a segundos do final da partida, e reduziu para oito pontos a diferença para o líder Sporting, que na segunda-feira empatou 1-1 com o Moreirense.

Num total de oito jogos disputados nas provas europeias, esta será a segunda vez que o FC Porto encontra o Chelsea numa fase a eliminar, depois de ter 'caído' nos oitavos de final da 'Champions' em 2006/07.

Os 'dragões' só ultrapassaram três de 13 eliminatórias com clubes ingleses nas taças europeias e ficaram fora de prova nas últimas seis. O FC Porto apenas ultrapassou por duas vezes os quartos de final da principal prova europeia de clubes, em eliminatórias a duas mãos, mas, sempre que o conseguiu, acabou campeão europeu.

O FC Porto-Chelsea está agendado para as 21:00 (20:00 horas em Lisboa) e vai ser dirigido pelo árbitro esloveno Slavko Vincic.

  • Regresso ao futuro

    Opinião

    "Queremos assegurar que os novos líderes estão unidos por um conjunto de valores que torna claro que a liderança não é sobre ego" (David Simas, Presidente da Fundação Obama)

    Germano Almeida