Desporto

Félix da Costa sétimo na segunda corrida da Fórmula E em Itália

Quality Sport Images

Félix da Costa terminou a 6,133 segundos do vencedor.

O piloto português António Félix da Costa (DS Techeetah) terminou este domingo na sétima posição a segunda de duas corridas disputadas em Roma, para o campeonato do mundo de Fórmula E, disputadas no fim de semana.

O piloto português, que partira da 15.ª posição da grelha para a corrida de hoje, cruzou a meta na oitava posição, ganhando um lugar na secretaria em virtude da desqualificação do francês Norman Nato (Venturi), por irregularidades no uso da potência.

Numa corrida muito acidentada, que teve cindo desistências, Félix da Costa terminou a 6,133 segundos do vencedor, o belga Stoffel Vandoorne (Mercedes).

O britânico Alexander Sims (Mahindra) foi segundo, a 666 milésimos de segundo do vencedor, com o alemão Pascal Wehrlein (Porsche) em terceiro, a 2,346 segundos.

"Ontem [no sábado], um furo roubou-me bons pontos pois teria acabado em sexto ou sétimo. Já hoje, na qualificação, sentimos muitas dificuldades na chuva. Depois, na corrida, imprimi um ritmo forte e estava muito confiante", referiu o piloto natural de Cascais, que terminou "com a sensação que soube a pouco".

O atual campeão do mundo da competição para carros elétricos frisou que "não era este o resultado que queria" e, "apesar da boa performance" mostrada em andamento, a equipa tem "trabalho pela frente" para "voltar a estar nas posições da frente e lutar pelo campeonato".

"Quero apenas finalizar agradecendo, uma vez mais, a todos os que me apoiaram e votaram no 'fanboost', hoje essa potência extra foi determinante e valeu-me uma ultrapassagem", concluiu o piloto da DS.

Com estes resultados, Félix da Costa somou seis pontos e tem, agora, 21, subindo do 10.º lugar do campeonato, liderado pelo britânico Sam Bird (Jaguar), que tem 43.

A próxima prova disputa-se a 24 e 25 de abril, em Valência, em Espanha, que corresponde às quinta e sexta rondas do calendário.