Desporto

Miguel Oliveira é inspiração até para pilotos espanhóis

LUÍS FORRA

O Grande Prémio de Portugal de MotoGP realiza-se no domingo, em Portimão.

O português Miguel Oliveira (KTM) já é uma inspiração para vários jovens pilotos em início de carreira, incluindo um espanhol, conforme confirmaram antes do Grande Prémio de Portugal de MotoGP, a disputar no domingo, em Portimão.

Mentor de uma equipa com cinco pilotos, a Miguel Oliveira Fan Club Racing Team, que se dividem pelos campeonatos português e espanhol de motociclismo de velocidade, o piloto natural de Almada é uma referência para estes jovens, com idades entre os 11 e os 14 anos.

Francisco 'Kiko' Pires, de 14 anos, "desde pequeno que via corridas de motas no Estoril", e reconheceu que o 'patrão', atualmente piloto da KTM, defende que "é um bom piloto" e tem "muita possibilidade de vir a ser campeão".

"É muito simpático e muito fixe", sublinhou o jovem piloto, na apresentação da formação, enquanto o companheiro de equipa Francisco Pires enalteceu a "honra" de correr na equipa com o nome do piloto que mais admira.

Afonso Almeida equipara as qualidades técnicas às pessoais de Miguel Oliveira, elogiando-o: "É um piloto excelente, e também como pessoa".

"É uma inspiração, também por ser o primeiro piloto português no Mundial", frisou o jovem, de 14 anos, admitindo que gosta "da maneira como pilota" e que "gostava de ser como ele".

Por sua vez, o espanhol Fernando Bujosa Garcia, também de 14 anos, foi inequívoco a indicar Miguel Oliveira como o seu "piloto favorito".

Apesar de ser compatriota de vários campeões do mundo, o jovem espanhol distinguiu o português da KTM como "uma excelente pessoa e bom piloto".

"Sempre gostei dele. Se não for campeão, seguramente ficará logo a seguir", disse 'Fer' Garcia, cheio de confiança.

Ainda mais convicto foi Miguel Gomes, também de 14 anos, argumentando com a antiguidade da sua preferência.

"Quando era pequenino via as corridas do Miguel. Sempre gostei muito dele", frisou.

Por isso, recordou com emoção o primeiro encontro com o ídolo. "Foi espetacular. Fiquei muito entusiasmado. Estar com ele na equipa é incrível. Diz-nos onde podemos melhorar... é excelente como piloto", realçou.

Já Afonso Almeida, de 11 anos, ganhou o gosto pelas motas por influência do pai, que o "chamava para ver as corridas do Miguel Oliveira".

"Acho que é um grande piloto. E admiro-o por uma coisa. É que eu gostava também de seguir um curso superior quando acabasse a minha carreira", salientou, referindo-se ao curso de medicina dentária que Miguel Oliveira frequenta.

Aos 26 anos, Miguel Oliveira cumpre a terceira temporada no campeonato do mundo de MotoGP, a primeira na equipa oficial da KTM, depois de se ter estreado no Mundial de 125cc em 2011, aos 16.

O almadense vai voltar a disputar o Grande Prémio de Portugal, em Portimão, entre sexta-feira e domingo, para a terceira etapa do campeonato, depois de ter vencido a corrida algarvia, em 2020, no encerramento do Mundial.