Desporto

Piloto de Fórmula 1 Lando Norris assaltado após a final do Euro

Christian Bruna

Comunicação social britânica dá conta de que o jovem piloto foi assaltado por dois indivíduos, que lhe roubaram um relógio avaliado em cerca de 47 mil euros.

O piloto britânico de Fórmula 1 Lando Norris foi assaltado após a final do UEFA Euro 2020, no domingo, no parque de estacionamento do estádio de Wembley, em Londres, confirmou esta terça-feira a McLaren.

"A McLaren Racing pode confirmar que Lando Norris esteve envolvido num incidente, após o jogo da final do Euro2020, em Wembley, no qual lhe foi retirado o seu relógio. Felizmente, o Lando não ficou ferido, mas está compreensivelmente abalado", lê-se no comunicado da escuderia britânica.

Apesar de a McLaren não dar mais detalhes, alegando tratar-se de "um assunto policial", a comunicação social britânica dá conta de que o jovem piloto, de 21 anos, foi assaltado por dois indivíduos, que lhe roubaram um relógio Richard Mille, avaliado em cerca de 47 mil euros.

Norris, que deverá disputar o Grande Prémio da Grã-Bretanha no domingo, em Silverstone, ocupa o quarto lugar da classificação do mundial de pilotos, com 101 pontos, menos 81 do que o líder, o holandês Max Verstappen (Red Bull), após nove corridas.

No domingo, a Itália conquistou o seu segundo título de campeã europeia de futebol, 53 anos depois, sucedendo a Portugal, ao bater a anfitriã Inglaterra por 3-2, nas grandes penalidades, após 1-1 nos 120 minutos, na final do Euro2020, em Londres.