Desporto

Luís Filipe Vieira ainda não pagou caução de 3 milhões de euros

É a chave que pode permitir a Vieira a abertura de portas para a liberdade.

Luís Filipe Vieira ainda não pagou a caução de três milhões de euros que o pode vir a libertar da prisão domiciliária. É a segunda maior caução alguma vez aplicada em democracia por um tribunal português.

O principal arguido da Operação Cartão Vermelho tem até ao fim do mês para garantir o dinheiro exigido pelo juiz Carlos Alexandre.

Além de depósito bancário, ou de um penhor de títulos, Luís Filipe Vieira pode fazê-lo através de uma garantia bancária ou de uma hipoteca sobre um imóvel.

Para os outros três arguidos, o juiz também exige cauções, mas sem medidas privativas da liberdade. Dois milhões de euros para o empresário José António dos Santos, 600 mil euros para Tiago Vieira e 300 mil euros para o empresário Bruno Macedo.