Desporto

Futebolista brasileiro detido por tentativa de homicídio em agressão a árbitro

REPRODUÇÃO/TWITTER/FUTEBOLNEWS

O árbitro ficou inconsciente depois de ter sido pontapeado na cabeça.

O futebolista brasileiro William Ribeiro foi detido esta terça-feira e acusado de tentativa de homicídio, por ter agredido na madrugada um árbitro com um pontapé na nuca, num jogo do São Paulo de Rio Grande.

O avançado do São Paulo de Rio Grande, que defrontava o Guarani, deu um pontapé na cabeça de Rodrigo Crivellaro após uma discussão, na qual caiu ao chão, sendo então pontapeado.

O jogo, da segunda divisão do estadual de Rio Grande do Sul, foi suspenso, com a polícia a efetuar a detenção nesta manhã.

O árbitro foi retirado de ambulância, após perder a consciência, e os médicos informaram, horas mais tarde, que o seu estado se encontra estável.

Ribeiro aguardará a determinação de medidas de coação na prisão, podendo ter de aguardar julgamento encarcerado, com o comissário da polícia de Venâncio Aires, Vinicius Assunção, a descrever o ataque como "muito forte e violento", por isso "enquadrado em tentativa de homicídio".

"A vítima não tinha, também, condições de defesa. Já tinha sido agredido quando estava de pé, depois caiu e ficou sem condições de defesa. Podia ter morrido ou sofrido uma lesão cerebral grave", acrescentou.

O clube já condenou o ocorrido em comunicado e anunciou a rescisão de contrato do futebolista de 30 anos, que já tinha antecedentes de violência em contexto competitivo, de agressões a adeptos a murros em rivais.

A vítima já teve alta hospitalar, segundo uma nota publicada pela Federação Gaúcha de Futebol.