Desporto

Fórmula 1: divulgada lista de roupas proibidas no GP da Arábia Saudita 

Lista está a gerar polémica entre as equipas.

A Arábia Saudita estreia-se este ano no Mundial de Fórmula 1, mas nem tudo está a correr bem na preparação. Além da pista de Jeddah ainda não estar concluída, a organização está envolta numa polémica após divulgar uma lista do vestuário proibido no Grande Prémio.

Segundo o El Español, o staff das equipas de F1 e os jornalistas credenciados receberam um extenso documento de preparação para o Grande Prémio da Arábia Saudita.

Entre as informações, está uma lista das roupas de utilização proibida, tantos por homens como por mulheres.

Os homens não poderão estar de tronco nu nem usar camisolas de alças, calções ou calças rasgadas. Já as mulheres não vão poder estar no recinto da prova com camisolas decotadas, vestidos acima do joelho, saias, calções, calças rasgadas ou biquínis.

O "dress code" aplica-se a todos os membros da organização, aos pilotos, às equipas e também ao público.

A estreia do circuito da Arábia Saudita está marcada para os dias 3, 4 e 5 de dezembro. No entanto, a construção da pista em Jeddah está atrasada e a corrida pode vir a não acontecer na cidade saudita.

Veja também: