Desporto

José Peseiro é o novo selecionador da Nigéria

16.05.2022 00:16

BRASILIA, BRAZIL – JUNE 27: Head coach of Venezuela José Peseiro looks on before a Group B Match between Venezuela and Peru as part of Copa America Brazil 2021 at Mane Garrincha Stadium on June 27, 2021 in Brasilia, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

A contratação de José Peseiro, de 62 anos, ex-selecionador da Venezuela, entra em vigor imediatamente após a assinatura do contrato.

O treinador português José Peseiro é o novo selecionador da Nigéria, cargo para o qual foi inicialmente apontado em dezembro de 2021, confirmou este domingo o porta-voz da federação de futebol daquele país africano (NFF), Ademola Olajire.

“Espera-se que [José] Peseiro lidere as ‘Super Águias’ pela primeira vez durante a próxima digressão pelos Estados Unidos, na qual os três vezes campeões africanos enfrentarão equipas do México e Equador”, disse Olajire em comunicado.

A contratação de José Peseiro, de 62 anos, ex-selecionador da Venezuela, entra em vigor imediatamente após a assinatura do contrato, refere ainda o porta-voz da federação nigeriana.

Peseiro já tinha sido anunciado como o eleito para selecionador, após a demissão do alemão Gernot Rohr, mas em fevereiro a federação nigeriana inverteu o rumo e anunciou que manteria no cargo o nigeriano Augustine Eguavoen.

A mudança de planos terá estado relacionada com o desempenho da Nigéria na Taça das Nações Africanas (CAN), em que as Supre Águias foram eliminadas nos oitavos de final, pela Tunísia.

Terá sido esta competição a levar os dirigentes a optarem por outra solução, com a federação a esclarecer que decidiu aprovar a recomendação do seu comité técnico e de desenvolvimento de manter à frente da equipa Augustine Eguavoen e o adjunto Emmanuel Ammunike, antigo jogador do Sporting.

O treinador português vai ter como adjuntos dois ex-futebolistas nigerianos, Salisu Yusuf, que fez praticamente toda a sua carreira na liga da Nigéria, e Finidi George, que jogou no Betis, de Espanha.

Esta é a terceira seleção que José Peseiro orienta, depois de ter estado na Arábia Saudita e na Venezuela, da qual saiu no último ano, devido a salários em atraso, entretanto já saldados.

Peseiro tinha sido contratado como selecionador da Venezuela em fevereiro de 2020, para preencher a vaga do venezuelano Rafael Dudamel, que deixou o cargo para assinar pelo Atlético Mineiro, no Brasil.

Últimas Notícias