Desporto

Rui Costa multado por declarações após derrota com Gil Vicente

ESTORIL, PORTUGAL – OCTOBER 30: President Rui Costa of SL Benfica before the start of the Liga Bwin match between GD Estoril Praia and SL Benfica at Estadio Antonio Coimbra da Mota on October 30, 2021 in Estoril, Portugal. (Photo by Gualter Fatia/Getty Images)
ESTORIL, PORTUGAL – OCTOBER 30: President Rui Costa of SL Benfica before the start of the Liga Bwin match between GD Estoril Praia and SL Benfica at Estadio Antonio Coimbra da Mota on October 30, 2021 in Estoril, Portugal. (Photo by Gualter Fatia/Getty Images)

Em causa está uma afirmação sobre a arbitragem.

O presidente do Benfica, Rui Costa, foi multado esta terça-feira pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na sequência de declarações após a derrota com o Gil Vicente (2-1), em fevereiro.

O processo disciplinar resulta numa multa de 1.150 euros e foi movido por “eventual comportamento incorreto violador de deveres gerais”.

Após a derrota, o presidente dos ‘encarnados’ disse que era “hora de dizer basta”, quanto às arbitragens dos jogos das ‘águias’.

O treinador do Estoril Praia, Bruno Pinheiro, também foi alvo de sanção por declarações proferidas, sendo multado em 1.530 euros e punido com 11 dias de suspensão, quando o campeonato já terminou.

O confronto entre Famalicão e Sporting de Braga, da 34.ª e última ronda, que acabou com a vitória dos primeiros por 3-2, ‘rendeu’ três jogos de suspensão ao defesa brasileiro Riccieli, por agressão a David Carmo, cuja ‘resposta’ foi punida com dois encontros de castigo.

A derradeira ronda trouxe ainda multas avultadas quer a FC Porto, que se sagrou campeão nacional, quer a Sporting, pela deflagração de pirotecnia nos estádios, além de um processo disciplinar instaurado ao Vitória de Guimarães, devido a factos ocorridos na receção ao Santa Clara, em 01 de maio.

Últimas Notícias
Mais Vistos