Desporto

Palhinha estreia-se a marcar na primeira vitória do Fulham de Marco Silva

Palhinha estreia-se a marcar na primeira vitória do Fulham de Marco Silva
TOBY MELVILLE

O médio internacional português João Palhinha estreou-se este sábado a marcar na Liga inglesa de futebol, na vitória do Fulham ante o Brentford (3-2), a primeira da equipa treinada pelo compatriota Marco Silva na competição.

O médio defensivo contratado ao Sporting correspondeu da melhor maneira ao pontapé de canto cobrado por Andreas Pereira, à passagem do minuto 20, dilatando uma vantagem que começou a ser construída logo após o apito inicial, quando o jamaicano Bobby Reid (01), com ressaltos e alguma sorte à mistura, abriu o ativo no Craven Cottage, em Londres.

Ainda antes do tempo de descanso, Norgaard (44) colocou os forasteiros na discussão do resultado, abrindo caminho para Ivan Toney (71), que já tinha visto um golo ser-lhe anulado, restabelecer a igualdade.

O temível avançado sérvio Mitrovic tinha uma cabeçada certeira 'reservada' para o minuto 90, após dar o melhor seguimento ao cruzamento sublime de Kevin Mbabu.

Fulham em quarto lugar

Após três jornadas, os 'cottagers' contabilizam dois empates e um triunfo, e ocupam, à condição, o quarto lugar, com cinco pontos, de uma classificação liderada pelo Tottenham (sete), mais dois do que Manchester City e Arsenal, ambos com menos um jogo.

Com o lateral português Rúben Vinagre entre os suplentes, o Everton, ainda sem ganhar, 'arrancou' um empate caseiro frente ao Nottingham Forest quando já não se previa, face ao golo de Demarai Gray (88), em resposta ao tento de Brennan Johnson (82).

Um 'bis' de Wilfried Zaha (07 e 58), o segundo de penálti, foi crucial para o Crystal Palace levar a melhor na receção ao Aston Villa (3-1), que até inaugurou o marcador com uma finalização madrugadora de Watkins (06).

Mateta (71), vindo do 'banco', ainda foi a tempo de inscrever o nome na lista de marcadores, confirmando o primeiro triunfo para os 'eagles'.

No King Power Stadium, o Leicester, em zona perigosa na tabela, deixou fugir uma vantagem tangencial construída através um livre direto, cobrado de forma eximia, por James Maddison (54), antes de o suplente utilizado Che Adams (68 e 84), autor de um 'bis', operar a reviravolta e dar o triunfo ao Southampton (2-1).

Wolverhampton de Bruno Lage perdeu em casa do Tottenham

Mais cedo, o Wolverhampton, treinado pelo português Bruno Lage, perdeu em casa do Tottenham, por 1-0, com um golo histórico de Harry Kane na estreia de Matheus Nunes.

Dois dias depois de ser oficializado como reforço, Matheus Nunes, contratado ao Sporting, foi um dos sete portugueses no 'onze' do Wolverhampton, juntamente com José Sá, João Moutinho, Ruben Neves, Pedro Neto, Gonçalo Guedes e Daniel Podence, com Nelson Semedo a entrar aos 71 minutos e Toti Gomes a não sair do banco.

Depois de uma primeira parte em que os 'wolves' foram mais fortes (12 remates contra um), os 'spurs' entraram melhor e, depois de já terem atirado duas bolas aos 'ferros', viram Harry Kane marcar o único golo da partida.

Dez anos e dois dias depois da estreia na prova, o 'capitão' do Tottenham tornou-se o jogador com mais golos por uma mesma equipa desde a criação da Premier League, em 1992, ao somar o 185.º, mais um do que o argentino Sergio Aguero, pelo Manchester City.

Kane marcou também o golo 1.000 do Tottenham desde a criação da 'Premiership', algo que apenas outras quatro equipas tinham conseguido: Manchester United, Liverpool, Arsenal e Chelsea.

Últimas Notícias
Mais Vistos