Desporto

Tenista Nick Kyrgios vai ser processado por adepta que foi retirada da final de Wimbledon

Tenista Nick Kyrgios vai ser processado por adepta que foi retirada da final de Wimbledon
Clive Brunskill
Anna Palus foi convidada a sair do Centre Court de Wimbledon a pedido do australiano.

Anna Palus, uma advogada polaca, vai avançar com uma ação judicial contra Nick Kyrgios devido a uma “alegação imprudente e totalmente infundada" por parte do tenista australiano.

O caso remonta a 10 de agosto, quando Anna Palus, que estava a assistir à final de Wimbledon, foi convidada a sair do Centre Court depois de Nick Kyrgios a acusar de estar a desconcentrá-lo durante o serviço, durante a partida com Novak Djokovic.

O árbitro, permanentemente contestado pelo australiano, acedeu e pediu que a adepta fosse retirada das bancadas.

Anna Palus explicou depois que tinha “boas intenções” e que apenas pretendia “dar apoio” ao tenista. Kyrgios também acusou a adepta de parecer que tinha tomado “700 bebidas”, alegando que estava embriagada.

Mais de um mês depois do incidente, a advogada polaca anunciou que vai processar o tenista australiano.

"Durante a final, Nick Kyrgios fez uma acusação imprudente e totalmente infundada contra mim (...). Não só causou danos consideráveis no dia, resultando na minha saída temporária da arena, mas a falsa alegação do Sr. Kyrgios foi transmitida e lida por milhões de pessoas em todo o mundo, causando a mim e à minha família danos muito substanciais", afirmou Anna Palus.

A polaca concluiu dizendo que espera que “Kyrgios reflita sobre os danos que causou (...) e ofereça uma rápida resolução".

O tenista sérvio Novak Djokovic acabou por conquistar o seu sétimo título em Wimbledon, ao impor-se na final ao australiano Nick Kyrgios, em quatro sets.

Últimas Notícias
Mais Vistos